segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Capuccino de ervilhas com espuma de coentros



Se o Outono insiste mesmo em bater-nos à porta … pensemos em coisinhas quentes.

ervilhas congeladas
3 rodelas de alho francês
½ cebola
Sal q.b.
lecitina de soja
2 colheres de leite gordo
leite q.b.
azeite q.b.
coentros q.b.

Ao contrário da maioria dos cremes de ervilhas, que são feitos à base de natas ou de caldos industriais, este foi feito da forma mais inócua possível e o resultado foi mais que satisfatório.
As ervilhas cozeram com o alho francês e com a cebola durante um bom bocado de forma a amaciar a “casca” da ervilha. Caso se usem ervilhas frescas devem pelar-se uma a uma depois de cozidas.
Faz-se um puré com os vegetais, rectificam-se os temperos e rega-se com um fio de bom azeite. Vai de novo ao lume a apurar a nova companhia.
Entretanto, com a ajuda de uma varinha mágica aromatizam-se um ou dois dedos de azeite com uns coentros frescos. Socorrendo-nos da mesma ajuda, preparamos a espuma, juntando a lecitina ao leite, que recebe depois o azeite aromatizado.

15 comentários:

O Cravo da Índia disse...

Imagino que tenha um sabor magnífico... mas sobretudo tem imensa pinta:)

Marizé disse...

Que original e tão requintado!

Laurinha disse...

Muito chique! Parabéns!
Beijinhos,

Migas disse...

Que chique, bonito e com aspecto delicioso! Adorei! :o)

anna disse...

Que creme de ervilhas mais original!
Adorei, mesmo.

Sheila disse...

Que coisa chique!
Vc está na onda do Ferran Adriá? rsrs

Eliana Scaramal disse...

Lindo!! E diferente não?! :)

Flávia J. F. Solís disse...

Hmmm, além de me parecer ótimo a foto é linda. Agora entrei também no ciclo de sopas para o jantar.
Abraços!

Natércia disse...

Um deve ser de comer e chorar por mais.um bjs Natércia...

o avental disse...

Há quanto tempo estou para fazer uma espuma destas(os espanhóis chamam-lhe aire, distinguindo-a assim da espuma de sifão). Tenho, há meses, a lata da lecitina ainda fechada e tudo. Bonita sopa. Gosto muito deste tipo da cozinha.

semente de sésamo disse...

Longe, longe de Adrià... mas não escondo que gosto de uma cozinha que procura sempre novas técnicas... Tenho ainda muito que aprender.

scalabis disse...

Aprenda e vá partilhando connosco

laila disse...

olha uma discipula de Adria...ficou linda a sopa!!! bjos

turbolenta disse...

Olhei...olhei e pensei: como é que esta espuma se faz. Só depois passei a ler a receita.
Gostei. Cada vez tento variar mais as sopas, pois elas passaram a fazer , há muito, parte da minha alimentação diária.
E esta seduziu-me.
bom resto de semana

pipoka disse...

Mais uma receita para confirmar as minhas suspeitas a seu respeito... talento, originalidade, requinte e excelentes dotes fotográficos!