quinta-feira, 15 de novembro de 2007

Gratinado de vieiras


Uma entrada com cara de Outono…
12 vieiras
5 camarões
bacon
chalota
alho
louro
vinho branco
piripiri
sal
queijo ralado
molho branco

19 comentários:

Anette disse...

Booooooooooooooooooooooooa!!!
Vou experimentar qualquer dia!
é fácil encontrar assim vieiras???
Beijinhos

pipoka disse...

Tu deixas-me louca com as receitas de vieiras...adoro comê-las mas é tão raro...é uma chatice não ter uma peixaria de confiança para comprá-las frescas, já que as congeladas estão fora de questão.

risonha disse...

com cara de outono e com cara de deliciosa. adorei

Ti Caty disse...

Mas que aspecto, mas só se forem frescas. Adoro.Jácomia uma (uma meia dúzia). BJS

Migas disse...

Bom demais!!!

BETO disse...

Boa entrada para o nosso jantar...ou melhor...Optima!!!
Aguardo surpresas!!eheheh
Beto

Suzana disse...

Há décadas que não como vieiras! Estas estão fantásticas.

colher-de-pau disse...

Que delícia...
Só não sei onde encontra vieiras frescas tão facilmente...

Natércia disse...

Que maravilha adorei.um beijo Natércia...

Célia disse...

Coisa maravilhosa humm adoro.

anna disse...

É tão dificil conseguir vieiras que até dá raiva...
Esta entrada tem cara mesmo de Verão, para nos podermos lembrar dele no Outono.
Que coisa boa!!!

avental disse...

Aqui come-se muito bem. Seria um dos meus restaurantes predilectos se os blogues fossem restaurantes. Uma sucessão de pratos, cada qual o mais apelativo. Não há nada como uma capital para se poder dar liberdade ao bom-gosto.

semente de sésamo disse...

Por acaso até estamos na província, avental! Mas passeia-se muito dentro e fora de portas. Encontro vieiras frescas na Makkro, não têm concha, estão limpinhas e são óptimas.

avental disse...

Pensava que estava, por causa do El Corte (afinal também há o de Gaia, o único aonde vou às vezes). Terei associado a sua cozinha à capital, talvez por causa do aspecto cosmopolita e contemporâneo que muitas vezes lhe dá.

Devemos então estar em situação parecida, embora eu não passeie muito, por andar com frequência de um lado para o outro, fora e dentro, em trabalho.

turbolenta disse...

Nunca comi.E também nunca vi à venda.
Mas o aspecto é óptimo.

Eliana Scaramal disse...

Ulalá!! Que chiquetéssimo!! Adorei!! :)

Sylvia disse...

Que delicia, adoro vieras e gratindas ...sao uma perdiçao.
Beijos

Beto disse...

e continuo sem provar.....:((((

Anónimo disse...

ola:)
podem encontrar vieras frescas na foz do arelho, caldas da rainha,
num armazem de marisco vivo chamado Decomar,lda.
foi lá que comprei vieras vivinhas,e ando aki a procura da melhor receita para as cozinhar, esta de todas as que vi parece-me a melhor.obrigada.
amanha ao almoço marcham.