quinta-feira, 29 de março de 2007

Gelado de pimenta rosa

Os créditos de tão curiosa criação não são meus.

Mas sinceramente também já não me recordo onde terei lido ou como soube que alguém se lembrara de fazer um gelado com pimenta.

A pimenta rosa é, de facto, muito suave e levemente aromática. Serve, por isso, muito bem este propósito de fazer um gelado à base de uma especiaria tradicionalmente ligada a pratos salgados.
Confesso que fui juntando os ingredientes sem grandes preocupações de os medir ou pesar (essa é sempre, aliás, a minha principal dificuldade pois sempre me habituei a fazer as coisas “a olho”).



1 de pacote de natas
¾ de uma lata de leite condensado
3 folhas de gelatina
1 copo de leite
3 ou 4 colheres de sopa de pimenta rosa

Misturei as natas, o leite condensado e a pimenta no liquidificador até perceber que a pimenta estaria bem desfeita.
À parte, amoleci as folhas de gelatina em água fria e depois introduzi-as num copo de leite quente. Juntei ao preparado da pimenta e encorporei.

3 comentários:

Eliana Scaramal disse...

Essa vou fazer com certeza, vou apenas esperar o seu retorno a minha dúvida, quanto tem o seu pacote de natas? Essas natas que você fala é fresca ou de caixinha?!

Juinha disse...

São natas fescas e cada pacote tem 200 ml. Doces sucessos!

Anónimo disse...

Parabéns minha querida pela boa ideia e melhor concretização! O blog esta delicioso como tu :-) Resolvi deixar o meu comentário nesta receita, pois falaste dela quando aí estivemos. Também vou experimentar.
Entretanto, deixo a receita do arroz doce da minha avó, que eu também faço há algum tempo (não tão bom como o dela) e que a minha mãe experimentou recentemente com muito sucesso. Fica cremoso, que é como nós gostamos, se bem que em algumas zonas do país se faça mais "rijinho". Leva 1 hora a fazer, sempre a mexer pacientemente e com carinho!

Arroz Doce da Avó Lurdes

250 gr de arroz carolino
água com sal para cozer o arroz
cascas de um limão grande
1 l leite
400 gr de açucar
125 gr manteiga com sal
4 gemas de ovos
canela em pó

O arroz deve ser cozido num tacho grande mais de meio de água. A água deve ser abundante e levar uma pitada de sal e as cascas de limão, que acompanham a cozedura até ao fim. Depois do arroz estar "aberto", mesmo bem cozido, acrescenta-se metade do leite a ferver.
Mexe-se sempre em lume brando pacientemente para não pegar e para ir fazendo nata, goma, para ficar cremoso.
Depois acrescenta-se metade do açucar, a outra metade do leite e a segunda metade do açucar. Entre as operações mexe-se sempre muito bem e dá-se tempo para o arroz ir absorvendo tudo isto.
Ao fim de cerca de uma hora retira-se do lume, batem-se as 4 gemas com umas colheradas de arroz e incorpora-se. Mistura-se bem e só depois se leva ao lume mais 5 minutos para o ovo cozer, mas sem ficar em farrapos.
Por fim retira-se em definitivo do lume e junta-se a manteiga, misturando até esta derreter toda. Retiram-se as casas de limão, coloca-se numa travessa e polvilha-se com canela.

Espero que gostes! Para a próxima deixo a receita da tarte de pera. Beijinhos!!
Susana