quarta-feira, 30 de maio de 2007

Tranche de perca em massa kadaïf e pesto de espinafres


O peixe é o Rei da Quinzena aqui mas na minha cozinha é-o todo o ano.

Na ausência de outro critério na escolha da receita com que participar e porque só volto à cozinha e ao computador no decurso da próxima regência, vale o que ainda me corre nas veias por ex-vício de profissão (ou vício de ex-profissão): o de privilegiar o que é mais recente, o que acabou de acontecer.


E por isso aqui fica o prato que preparei para o almoço de hoje e que – a minha convidada que me desminta se não for verdade – foi feito enquanto o diabo esfregou um olho.
O peixe, temperado apenas com sal e limão, foi ao forno em papel de alumínio. Enquanto assava preparámos o pesto moendo uns espinafres salteados com uma colher de sopa de nozes partidas, outra de amêndoa granulada e um fio de azeite.
Retirámos o peixe do forno (pegou um bocadinho ao papelote o que ainda se pode ver na foto), embrulhámo-lo na massa kadaïf, pincelámos com manteiga e devolvemo-lo ao calor do forno para que tostasse.

13 comentários:

Cláudia A. disse...

Delicioso Juinha, gostei da expressão foi feito enquanto o diabo coçou um olho, vou utilizá-la.

Elvira disse...

Estou cada vez mais uma adepta confessa do seu blog.

Os seus pratos são sempre tão originais, requintados e bonitos! :-)

Agdah disse...

"Enquanto o diabo esfregou um olho"??? Essa é nova pra mim. Adorei o peixinho.

t3 montijo disse...

Nham Nham...
Quando quiseres companhia para almoços rápidos destes... a fduc é mesmo aí ao lado :) hehe
Que maravilha!

Menina Azul disse...

Elvira, "original, requintada e bonita" é a nossa Juinha! Os pratos dela nao podiam ser diferentes!!

Mas oh Juinha, sabes quantas pessoas eu conheço que tenham estes ingredientes todos em casa para fazer assim uma coisa destas de repente???
UMA!
TU!!!
coisas tipo Massa Kadaïf (nem sei que é), nozes moidas, amendoas nao sei quê... hehehe

bia disse...

adorei este peixe, e facil de fazer.

colher-de-pau disse...

Parece-me muito bem....
Quanto a ter ingredientes fora do normal em casa, deve ser usual de todos os que têm esta paixão pela cozinha.
É normal ouvir comentários acerca dos 6 vinagres diferentes que temos em casa ou dos 5 tipos de açúcar, ou dos 4 de farinha e dos 7 de arroz e ainda dos 10 de massas...Mas depois fazemos um prato diferente enquanto "o diabo esfrega 1 olho!"

valentina disse...

Juinha, que coisa maravilhosa. Outro dia comprei esta massa kadafi para fazer um doce. Que fantástico usares para peixe.J'apostei.

Eliana Scaramal disse...

Cada dia fico mais fã dessa cozinha!!

O Cravo da Índia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O Cravo da Índia disse...

Já fique a conhecer mais uma coisa. Nunca tinha visto essa massa. Parabéns, que o prato está óptimo.

Juinha disse...

De regresso a casa e a esta cozinha, o meu muito obrigada pelos comentários de todos tão simpáticos. Vale a pena experimentar este prato!

Maridinha disse...

Eu fui a felizarda que provou este maravilhoso prato!!!
Do melhor!!!!