segunda-feira, 23 de abril de 2007

Flammeküeche


A primeira vez que comi uma Flammeküeche foi há dois anos em Munique, em plena Oktoberfest.
Abstraindo-me do facto de aparentar ter natas e, por isso, ser bastante calórica (o que pesa sempre na minha consciência), adorei. Adorámos. Então acompanhada de duas canecas de cerveja alemã fresquinha… uhmmm…
Bom, cheguei esta semana à conclusão de que, afinal, que a Flammeküeche não é de tradição alemã como pensara mas sim de origem alsaciana.

Sempre achei que não seria difícil de fazer... e a minha suspeita confirmou-se este fim-de-semana.

Tinha decidido que iria usar massa de pão (pizza) e estendê- la o mais que pudesse (quando provei a massa era tão fina e engordorada que cheguei a pensar que seria uma espécie de massa folhada muito estendida .. pouco folhada!). Mas, no momento, achei que ficaria melhor e mais estaladiça se usasse massa Philo. A decisão revelou-se acertada.

A um pacote de natas juntei uma colher de sopa de queijo creme, misturei bem e temperei com sal e pimenta. Verti sobre a massa (nem tudo). Dispus uma cebola cortada às rodelas e uns bocadinhos de bacon sobre essa mistura. Supostamente o remate final da Flammeküeche é uma colherada de óleo sobre tudo isto mas eu e o óleo temos uma relação muito difícil (incompatibilizei-me com ele há uns anos) e portanto decidi usar o meu novo spray de azeite (que estava por estrear desde que veio de NY).

Este fim-de-semana não houve festival nem música da baviera... mas houve Flammeküeche e duas belas Löwenbräu...

8 comentários:

Eliana Scaramal disse...

Eu nunca comi. Mas vendos as fotos e sua descrição vai demorar muito passar pela minha cozinha. :)

Elvira disse...

Cá em casa, é o meu marido (ex-estudante em Estrasburgo) que costuma confeccionar a flammeküeche. Adoro! :-)

Juinha disse...

Eliana, não sabe o que perde...

Elvira, o marido, perito na matéria, costuma fazer assim?

Karen disse...

Dá até para imaginar o crocante!

bia disse...

adoro flammekueche mas ainda nao tentei fazer, é mesmo bem facil !

Carla Ventura disse...

Nunca comi. Parece muito bom!

Cláudia disse...

Quero experimentar o mais breve possível. Achei a aparência lindíssima. Um beijo.

Juinha disse...

Posso garantir a todas que é tão boa quanto fácil e rápida de fazer!